Home / Erros Comuns no inglês / 5 Erros Comuns no inglês: Episode #03

5 Erros Comuns no inglês: Episode #03

/
/
/
link
1168 Views

5 Erros Comuns no inglês: Episode #03

Baixe a transcrição deste episódio clicando aqui: 5 Erros Comuns no inglês

(Legendas disponível no vídeo)

Transcript (Transcrição):

Hello! My name is Julian Montgomery and welcome to the Angelino English Podcast. Yeah.

We are live in Florianópolis, it’s about 9 o’clock at night, and I am a private English teacher, here in Brazil.

O meu objetivo é de facilitar o inglês para você.

De deixar você mais confortável com o idioma, de uma forma rápida, leve e divertida!

Hoje, no nosso programa, vamos falar sobre 5 erros comuns, que ouço muito com meus alunos.

E vou te ensinar como evitar esses erros.

Não sou fluente em português, ok?

Acho que isso está óbvio, né?

Mais eu recebo uns elogios pelo progresso que eu fiz, mas ainda confundo muitas coisas, e estou aprendendo todos os dias.

E é bom a gente entender que errar é normal, até falantes nativos cometem erros de vez em quando quando falam, uns mais que outros, né?

O que tentamos fazer é minimizar esses erros, para poder falar com mais confiança.

Então hoje vou te informar de alguns desses erros mais comuns, com exemplos mais corretos e naturais.

Dessa forma, a próxima vez que você quase cometer um erro, vai lembrar da frase correta e eu aposto que um sorriso vai aparecer em seu rosto!

Então, temos nosso plano para hoje, vamos lá.

1 – Pronomes reflexivos

O primeiro erro que as pessoas fazem é com os pronomes reflexivos.

Vamos usar o exemplo: eu me cortei. 

Isso é uma ação reflexiva.

E no inglês seria: I cut myself.

Então esses outros pronomes reflexivos, são: 

  • yourself, para a pessoa com quem você está falando.
  • Himself, seria sobre ele.
  • Herself, sobre ela.
  • Ourselves, se foi conosco mesmo, ou se foi com a gente, conosco, com nós. Você entendeu.
  • Yourselves, seria se você está falando para umas pessoas, um grupo de pessoas.
  • Themselves, seria para eles ou elas, ok?

Um outro uso desse pronome reflexivo seria para enfatizar uma frase.

Então por exemplo, se eu quero falar: eu mesmo construí essa casa.

I built this house myself.

Mais um uso com esses pronomes, é com a preposição ‘by’.

Quando a gente coloca BY antes do pronome, isso quer dizer que a gente fez a coisa sozinho.

Então, se você quer falar ‘ela trabalha sozinha’, ou ‘ele trabalha sozinho’, seria: She works by herself, or, He works by himself.

2 – Afirmação

Agora a segunda dica aqui é com afirmação, quando a gente está concordando, discordando.

Tem alguns erros que eu ouço bastante, então, vamos usar o exemplo: Eu gosto de chá.

No inglês é: I like tea.

Se você também gosta de chá, você pode simplesmente falar: Me too.

Uma alternativa para essa é: So do I.

Então: I like tea.

Ah, me too.

Ou: So do I.

Aí discordando, se você não gosta de chá, seria: I don’t.

Agora uns outros exemplos: Agora afirmando o negativo:

Se eu falo: I don’t like tea, que eu não gosto de chá.

Se você também não gosta, tem várias formas de falar isso:

Você pode falar: I don’t either

Ou você pode falar: Neither do I

Você pode falar: Me neither, aí de uma forma mais coloquial pode falar: me either.

Tecnicamente isso é errado, mas as pessoas falam e ninguém se importa.

Ok?

Então para falar ‘eu também não’, é:

I don’t either, neither do I, me neither ou me either.

Agora discordando:

Se alguém fala: Eu não gosto de chá; I don’t like tea.

Mas você gosta, você pode falar simplesmente: I do.

Então:

“I don’t like tea.”

“I do.”

Seria que você gosta.

3 – There is e There are

O terceiro erro é com There is e There are.

Essa eu quero que você grave, volta, ouça essa depois, porque isso é um dos erros mais comuns que eu ouço no meu dia a dia.

Usamos There is e There are quando a gente quer falar: Há, ou existe, ou ‘tem’.

É muito comum as pessoas usarem ‘tem’, em português.

Por exemplo, alguém quer falar: ‘Ah, tem muitos parques em Curitiba’.

Aí traduzem, ao pé da letra, e falam: Have many parks in Curitiba.

Só que em inglês a gente não vai usar ‘have’ assim.

Nesse caso a gente vai usar ‘There are’. Porque está no plural.

Se for no singular, seria ‘There is’.

Então, se eu quero dizer: Ah, tem um banco aqui.

Seria: There is a bank here.

Ok?

4 – Verbos Say e Tell

O quarto erro que eu ouço muito tem a ver com os verbos: Say, e Tell.

Say a gente traduz mais como ‘dizer’; e Tell é um pouco mais como ‘contar’.

Primeiro, com SAY, a gente usa SAY ou SAYS se é ‘He’ ou ‘She’.

I say, you say, he says, she says.

A gente usa essa no presente para falar de algo da rotina, ou uma declaração, que a gente acredita, que seja verdadeira.

Então, se alguém quer dizer: Ah, ele diz que trabalha na segunda-feira à noite.

Seria: He says he works on Monday nights.

Outro exemplo: Eles dizem que é o melhor restaurante.

Seria: They say it’s the best restaurant.

Agora no passado.

SAID é o passado de SAY e TOLD é o passado de TELL.

Então ‘Said to’, com esse ‘to’, ou ‘told’.

Pode ser usado para relatar algo que alguém te contou, ‘Told’ com um pronome: Told me, told him, told her.

Ok?

Por exemplo: Ela nos disse que a reunião é amanhã.

Seria: She said to us that the meeting is

Tomorrow ou She told us that the meeting is tomorrow.

Eu diria que esse com ‘told’ é um pouco mais comum, do que com ‘said to’.

E a última, usando Tell ou Told com um pronome, é usado para dizer que alguém ordenou alguém a fazer algo.

Então um exemplo: Ela disse para eu buscar o almoço.

Seria: She told me to pick up lunch.

5 – To vs Until

E agora o último erro por hoje.

Essas duas palavras, To e Until, são usadas como ‘até’, no português.

E a gente usa para falar de limites.

To é usado para falar na direção de, apontando alguma direção.

A gente usa antes do lugar, e Until é para tempo, até a hora que algo aconteça.

Então, se você quer falar para alguém: Caminhe até o banco;

Seria: Walk to the bank

Agora: Trabalhe até 6hs.

Seria: Work until 6:00.

Viu a diferença?

Então por enquanto é isso para esse episódio do Angelino English Podcast.

Muito obrigado pela companhia, pela sua atenção hoje.

Espero que tenham gostado das dicas sobre os erros comuns que as pessoas cometem no inglês, e agora vai poder evitá-los.

Lembre-se que é uma jornada muito longa, essa sua com o inglês, então a gente sabe que não vai ser uma coisa ‘Ah, em 3 meses vou estar fluente’.

É uma coisa que vai levar mais tempo, mas, aos poucos, é possível chegar à fluência.

Então lembre -se também de simular a imersão, tente ter o máximo possível de contato com o idioma, no seu dia a dia.

Então até logo, e no próximo episódio eu vou te dar mais umas dicas legais, e nesse, eu vou falar um pouquinho sobre a cultura norte-americana.

Umas coisas que talvez você não sabia antes.

Então thank you very much for listening.

That’s all for now, I’m out.

Inscreva-se: Spotify / Apple Podcasts / Google Podcasts / RSS

This div height required for enabling the sticky sidebar